DESTAQUE

Há mais famílias numerosas em Portugal

Os nascimentos em famílias numerosas voltaram a crescer pelo 5º ano consecutivo, em 2019.

Desde 2015, os nascimentos em famílias numerosas portuguesas tiveram uma evolução positiva acumulada de 17%. No mesmo período a evolução acumulada total de nascimentos foi de apenas 1%.

No ano passado, Portugal registou um total de 86 579 nascimentos, destes 11 313 são crianças que integram famílias numerosas, representando 13% do total de nascimentos do país.

No mesmo sentido está o índice sintético de fecundidade (ISF), que cresceu ligeiramente face a 2018 e situa-se agora nos 1,42, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística. Recorde-se que o ISF atingiu o seu valor mais baixo em 2013, a fixar-se em 1,21 e desde então tem também evoluído positivamente.

A Associação Portuguesa de Famílias Numerosas considera que é de louvar este crescimento, pelo especial contributo que estas famílias dão à sociedade em várias dimensões.